O car sharing corporativo vem ganhando cada vez mais espaço nas empresas brasileiras, acompanhando uma tendência mundial: a economia compartilhada.

Leia este artigo e entenda esse movimento que gera economia, eficiência e sustentabilidade, bem como muitas outras vantagens para as organizações - e para a sociedade.

 

 

Por que a economia compartilhada é um grande sucesso?

À medida que os recursos se tornaram mais caros e a nossa consciência mais clara, passamos a perceber a importância de reduzir o consumo.

Mas como fazer isso de modo inteligente, sem interferir na produtividade e conforto? Economia compartilhada é a resposta.

A economia de compartilhamento pode ser definida como um sistema econômico onde serviços e bens são compartilhados entre várias pessoas.

Atualmente é muito fácil pedalar pela cidade, sem precisar comprar uma bicicleta, ou ter um escritório moderno com infraestrutura completa, sem alugar um espaço.

Até mesmo viajar e se acomodar em uma casa acolhedora ficou mais prático, e barato, com a adoção da hospedagem compartilhada. Tudo simples e descomplicado!

Entre os fatores que colaboram para o sucesso da economia compartilhada, podemos destacar dois em especial.

O primeiro deles é que as pessoas estão descobrindo maior satisfação em ter acesso a um bem do que o possuir.

No entanto, a maior responsável por impulsionar o crescimento e sucesso da economia compartilhada é a tecnologia.

Plataformas modernas e inovadoras combinam recursos eficientes e de fácil utilização, conquistando a confiança dos usuários e das empresas.

Tanto que já é comum a adoção de soluções que reduzem a ociosidade dos veículos organizacionais e oferecem uma experiência diferenciada aos colaboradores.

É o chamado car sharing corporativo, uma alternativa muito mais econômica e sustentável para frotas de empresas.

 

 

Car sharing: um pouco de história

O primeiro registro histórico sobre compartilhamento de veículos data de 1948, em uma comunidade habitacional de Zurique – sem um sistema formal desenvolvido.

Porém, somente na década de 70 surgiram os primeiros projetos formalizados, voltados a essa finalidade. Cidades como Paris, Amsterdã e Londres passaram a adotar o compartilhamento de carros. Ainda timidamente, mas já de modo estruturado.

Com o tempo esse conceito foi se aprimorando e se espalhando pelas principais cidades do mundo. Tornando-se uma excelente alternativa para sanar problemas sérios de mobilidade.

Entre eles, congestionamentos gigantescos, falta de estacionamentos, aumento da poluição, custos altos com aquisição de veículos, documentação, manutenção e impostos, etc.

Aos poucos, a ideia passou a chamar a atenção das empresas.  Afinal, se as despesas são altas para manter um único veículo, elas se multiplicam quando pensamos em uma frota organizacional.

A esse desafio somam-se outros como controlar as reservas, avarias, manutenções, bem como um processo rápido e eficiente de entrega e retirada de chaves. Isso apenas para citar algumas das muitas tarefas que são responsabilidade do gestor da frota.

Diante desse cenário, o car sharing corporativo chega para solucionar, de uma só vez, todas essas questões. Transformando a operação tradicional em uma operação compartilhada, facilita o gerenciamento desses preciosos ativos.

 

 

Afinal, o que é car sharing corporativo?

O car sharing corporativo é uma das modalidades da economia de compartilhamento, onde a frota de veículos é compartilhada entre todos os colaboradores.

Essa mudança na utilização convencional da frota, promove vantagens significativas para todos os envolvidos no processo. Ou seja, os veículos da empresa deixam de ser dedicados exclusivamente a um colaborador e passam a atender um maior número de pessoas.

Para as empresas isso significa redução de custos, começando pela adequação do tamanho da frota ao que é realmente necessário para as atividades organizacionais. E o problema com a ociosidade dos veículos também deixa de existir.

Essa adequação traz eficiência ao processo de gestão. Com o ajuste da quantidade de carros, diminuem os gastos com combustível, documentação, seguro, manutenção e outros valores ligados à posse desses ativos.

O gestor de frotas é um dos grandes beneficiados nesse processo transformacional. Ao substituir controles manuais por uma solução inovadora e digital, ele tem visibilidade da frota em tempo real, tornando seu trabalho mais eficiente e prático.

Para o colaborador, que conta com uma experiência totalmente digital, também há ganhos como praticidade e comodidade na reserva e uso do veículo. De qualquer local e horário, pelo próprio smartphone, consegue registrar seu pedido de uso do carro.

Além disso, o car sharing corporativo colabora para a agenda de sustentabilidade da organização.

Com a diminuição no número de carros em circulação, há uma diminuição de congestionamentos, redução na emissão de CO2 e, assim, menor impacto no meio ambiente.

 

 

Joycar: facilitando a implantação do car sharing  corporativo

O compartilhamento inteligente da frota corporativa exige tecnologia inovadora e adequada, como a Joycar. Uma plataforma completa que permite criar e gerir a operação de car sharing corporativo.

Com a solução instalada nos veículos da empresa, todo o processo passa a ser automatizado. Assim, é possível dispensar planilhas arcaicas e obter dados atualizados em tempo real.

Ao ter visibilidade total de todas as etapas do processo e eliminar tarefas manuais, o gestor ganha tempo para se concentrar em aspectos mais estratégicos do setor.

Intuitivo e fácil de usar, Joycar torna a gestão eficiente e prática, otimizando o uso da frota. Assim, além de maior produtividade e eficiência, há uma significativa redução de custos para a empresa que adota essa prática.

Com uma equipe especializada e tecnologia 100% própria, a Joycar permite total customização para atender as necessidades de cada negócio.

Além disso, oferece acompanhamento desde a elaboração do projeto até a implementação e funcionamento do car sharing corporativo. Inclusive, dando apoio ao desenvolvimento da comunicação que apresentará o projeto ao público interno.

Com a Joycar, controlar a reserva dos carros é muito simples: basta o usuário acessar a plataforma, verificar os ativos disponíveis e reservar o carro para a data e horário desejados.

Até mesmo o eterno problema das chaves é resolvido de vez. Com o uso de crachá ou smartphone, o colaborador abre o carro.  Depois de responder o checklist pelo próprio app, é só pegar as chaves no porta-luvas e seguir viagem.

Como podemos notar, o compartilhamento da frota organizacional é mais do que uma tendência. É a solução para transformar uma operação de frotas comum em uma operação compartilhada.

Assim, é possível utilizar os veículos de modo inteligente e sustentável, cortando gastos e ganhando eficiência na gestão desses ativos.

Conheça, agora, algumas empresas que já estão usando o car sharing corporativo e obtendo vantagens – a sua pode entrar para essa lista também!

 

ACESSAR CASES DE SUCESSO

The best platform for shared corporate fleet management

Fully digital experience for the user: they book any vehicle, from anywhere, when needed. Fast and uncomplicated.
Request viability study